segunda-feira, março 15, 2021

Pandemia e Consciência



Neste momento de tamanha dificuldade, que passamos com a pandemia, é tão difícil olharmos os números de mortos, a alta taxa de contaminação e não vivermos esta dor coletiva da nossa nação e do mundo todo sem nos abalar pois é impossível nos livrar de todo este processo que a pandemia passou a representar.

Não dá pra ver um jornal na TV sem que nos esquecer das nossas máscaras, dos protocolos de segurança, do risco da contaminação pois sabemos que é a recusa desta realidade está nos levando a um quadro infinitamente pior e mais dolorido.

Da mesma forma que o negacionismo deu-se na história com o genocídio dos judeus, durante a segunda Guerra Mundial, onde o antissemitismo negava as ações contra os judeus, não olhar para esta pandemia nos tira da realidade sofrida para vivermos em uma fantasia, que nada mais é que um mecanismo que utilizamos para nos defender da verdade que vivemos nos levando a uma satisfação ilusória de que nada de grave está acontecendo e em certa hora se interromperá com a trágica perda de alguém próximo já que diferente dos antissemitas a pandemia não escolhe as suas vítimas.

Mas como podemos então buscar o equilíbrio entre mantermos as regras e buscarmos assertivamente atender as necessidades reais deste momento sem deixar de olhar para aquilo que ainda temos a fazer ou aquilo que nos é permitido fazer?

É triste demais olhar o conjunto, parece que não existirá legado positivo, temos a sensação que é um processo onde somente a dor e a angústia pelo seu fim existem. Mas as lições existirão, o aprendizado virá com a consciência, assim como revisitamos a história do holocausto e aprendemos tanto olhando para fatos conhecidos que foram negados. 

O que podemos, hoje, é cuidar daquilo que temos. Fortificar esta massa consciente para combater os comportamentos que negam esta realidade, tratada com fatos reais assumindo o nosso papel diante do coletivo, nem que seja pelo único e exclusivo desejo egoísta de se preservar diante do todo caótico que vivemos.

Seja por você ou seja pelo todo é fundamental que todos tragam à consciência a sua necessidade de existir diante de todo o mau que esta pandemia nos trouxe.


Luís Guilherme Campos Santos

Psicanalista Clínico

Informações para Atendimento On Line - 11 96330 9600


Nenhum comentário: